Um manifestante que participava do protesto motivado pela luta em prol da redução do preço das passagens de ônibus em todo o Brasil caiu de um viaduto durante o ato na região da Pampulha, em Belo Horizonte, na noite dessa segunda-feira (17).
 
O homem, de 18 anos, sofreu uma queda de aproximadamente 6 metros, após o Batalhão de Choque da Polícia Militar ter avançado, mais uma vez, em direção à multidão.
 
O protestante foi socorrido pelos companheiros de marcha e, posteriormente, por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Gustavo Magalhães Justino foi levado para o Hospital Risoleta Neves, em Venda Nova.
 
O jovem caiu do Viaduto José Alencar e, segundo os policiais, não corre risco de morte.
 
"A polícia cercou a gente, e subiu batendo em todo mundo, a galera em cima da ponte estava só assistindo! Nessa hora, a gente correu, eu cheguei a colocar a mão no parapeito e uma menina gritou "não pula". Aí o rapaz pulou, achou que ia pra outra pista. Igual eu achei. Ele caiu, mas eu fui quase também. Ele correu de desespero!", disse Erick Dias, um dos manifestantes que estavam presentes durante o momento, tendo sido testemunha ocular.
 
A reportagem do Hoje em Dia também presenciou o momento. O jovem teria se desesperado, assim como centenas de outros manifestantes, e fugiu do ataque da polícia. Na tentativa de passar para outra pista, caiu do viaduto José de Alencar. Ele foi socorrido, inicialmente, por outros jovens que estavam no protesto.
 
Ainda conforme informações da Polícia Militar, Gustavo não estava envolvido na manifestação e caiu depois de ser empurrado por integrantes do movimento.
 
Durante a mesma confusão, uma mulher caiu de uma trincheira da avenida Antônio Carlos e também foi socorrida pelo SAMU. Além disso, vitrines de uma concessionária instalada às margens da mesma avenida foram quebradas pelos manifestantes.

Confira fotos
 
 
 
Atualizada às 22h50.