Centenas de trabalhadores que acompanharam uma audiência pública na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) para discutir a Reforma da Previdência, fazem uma manifestação na tarde desta sexta-feira (12) e complicam o trânsito na região central de Belo Horizonte. Após saírem da praça da Assembleia, no bairro Santo Antônio, o grupo iniciou uma marcha até à Praça da Estação. 

Conforme a BHTrans, empresa que administra o trânsito da capital, por volta das 14h30 os manifestantes estavam descendo a avenida Olegário Maciel e, cerca de 30 minutos depois, já atravessavam a avenida Bias Fortes, em direção à avenida Amazonas. Às 15h30, o grupo já estava na avenida Amazonas, no sentido à Praça Sete. 

Ainda segundo a empresa, na avenida Amazonas os manifestantes chegaram a liberar uma faixa para o trânsito de veículos. Entretanto, houve um grande congestionamento na região.

Às 15h40 a multidão já estava concentrada na Praça da Estação e não prejudicava mais o trânsito, porém, os reflexos deixados em toda a região central ainda eram sentidos. 

wazeAté as 15h50, o aplicativo Waze apontava trânsito bastante complicado na região central

Leia mais:
Podemos apoia Previdência, mas pede mudanças para os professores
CCJ analisará parecer sobre reforma da Previdência a partir do dia 15
Maia pede apoio a prefeitos à reforma da Previdência