A Praça da Liberdade, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, foi ocupada por dezenas de manifestantes na manhã deste domingo (25), em um protesto em defesa do ministro da Justiça Sérgio Moro e da Operação 'Lava Jato'.

A manifestação é promovida pela movimento Vem Pra Rua e acontece em outras capitais, como São Paulo, Brasília e Belém. Vestidos com camisas da seleção brasileira e com acessórios em verde e amarelo, os manifestantes levaram vários cartazes em defesa do ministro Sérgio Moro.

Apesar de também apoiarem o presidente Jair Bolsonaro (PSL), alguns presentes chegaram a cobrar o chefe do Executivo com faixas preenchidas por mensagens como: “Bolsonaro, deixe o Moro fazer justiça”. Nas últimas semanas, Bolsonaro vetou indicações de Moro para a chefia da Polícia Federal, o que causou certo desgaste público para Moro.

As reivindicações também são contra a aprovação da Lei de Abuso à Autoridade, a favor do pacote anticrime encabeçado por Moro, pela continuidade da prisão do ex-presidente Lula e contra contra o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli.