Cerca de 300 manifestantes protestaram, na manhã desta quinta-feira (19), na MG-424, altura do km 12, em Confins, Região Metropolitana de Belo Horizonte. O grupo, composto por políticos, empresários e munícipes de Pedro Leopoldo, Confins e São José da Lapa, é contra dois novos pedágios previstos em um edital para a rodovia - um no quilômetro 8,70 (com tarifa de pedágio de R$ 3,78) e outro no quilômetro 38,10 (com tarifa de pedágio de R$ 2,60).

De acordo com a  Secretaria de Administração da Prefeitura de Pedro Leopoldo, a manifestação foi pacífica e contou com o acompanhamento da Polícia Militar. Foi realizada também uma blitz educativa com o objetivo de informar os motoristas que passam pelo local sobre os impactos dos novos pedágios. Os manifestantes alegaram também que o trecho possui boas condições de tráfego.

Ainda conforme a Secretaria de Administração da Prefeitura de Pedro Leopoldo, as três prefeituras irão entrar na justiça nesta quinta-feira, pedindo o cancelamento desse edital. Por isso, há a possibilidade de novos protestos nos próximos dias.

De acordo com a Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop), a abertura do edital estava prevista para o dia 26 de abril, mas foi adiada para o dia 5 de junho. Além disso, o contrato de concessão prevê intervenções de melhorias operacionais de ampliação, manutenção e capacidade da rodovia.