O trânsito no Centro de Belo Horizonte ficou complicado no início da noite desta terça-feira.

Segundo a Polícia Militar, cerca de 900 pessoas organizaram manifestação que pedia medidas contra a mineradora Samarco, proprietária da barragem do Fundão que se rompeu em Mariana, na Região Central de Minas Gerais, em novembro passado.

Na ocasião, 17 pessoas morreram e outras duas ficaram desaparecidas. O protesto teve início na Praça da Liberdade e seguiu até a Praça da Estação. A PM acompanhou o ato que aconteceu de forma pacífica.

Segundo a BHTrans por causa do ato foram registrados congestionamentos na Zona Sul e Centro da cidade, em especial nas avenidas Pedro I, Andradas e Contorno.