O motorista que busca fugir de engarrafamentos provocados por deslizamento de encosta - ou pelo menos se planejar devido aos atrasos - pode consultar trechos com manutenções na BR-040. O recurso pode ser acessado pelo celular.

A concessionária que administra a rodovia informou que cadastrou, no Google Maps, todos os pontos onde os operários atuam para minimizar os estragos provocados pela chuva. A relação, que é atualizada constantemente, pode ser consultada neste link.

Desde sexta-feira (24), quando um forte temporal castigou BH e região metropolitana, operários e máquinas trabalham para desobstruir trechos afetados. "A empresa está trabalhando ininterruptamente para que o restabelecimento dos pontos ocorra no menor tempo possível. As ações da concessionária visam à priorização das condições de segurança dos usuários e a trafegabilidade da rodovia", diz nota.

A Via 040 informou que, nesta quinta-feira (30), atua na retirada de terra deslizada, limpeza das áreas, recomposição de estruturas de contenção, estabilização emergencial de encostas, além de monitoração constante, reforço da sinalização viária e aplicação de alterações de tráfego. 

Veja abaixo alguns pontos de intervenções: 

Belo Horizonte 

Um deslizamento de talude próximo ao bairro Califórnia, região Noroeste, interdita o acostamento nos dois sentidos do km 532. No local, duas faixas estão liberadas para o tráfego. No Anel Rodoviário, um trecho também está com o trânsito parcialmente impedido. 

De acordo com a Via 040, o bloqueio acontece na altura do km 542, no bairro Olhos D'Água, região do Barreiro, onde operários fazem a recomposição da estrutura de contenção de encosta. A intervenção acontece no sentido Brasília e, no lado oposto, os trabalhos ocorrem para estabilização da lateral direita da pista. Nos dois sentidos, as faixas da direita estão fechadas.
 
Nova Lima
 
Nas proximidades do Viaduto da Mutuca, no km 546, sentido Rio de Janeiro, há interdições de acostamento.
 
Itabirito

A mesma situação ocorre no km 578, sentido Belo Horizonto, e no km 579, sentido Rio de Janeiro.

Ouro Preto (próximo a Congonhas)

O acostamento também está interditado no km 598, sentido Rio de Janeiro.

Leia mais:
Parques e espaços culturais ficarão fechados até domingo
Chuvas em MG: Bolsonaro se reúne com Zema e Kalil, que devem cobrar recursos
Metrópole em suspense: BH se prepara para tempestade nesta quinta mas encontra sol forte