Dez crianças e quatro adolescentes que foram afastados de suas famílias, por causa de medidas protetivas concedidas pela Justiça, procuram um novo lar no município de Mariana, na Região Central de Minas. Pelo programa Família Acolhedora, a prefeitura busca pais substitutos e provisórios para os menores.

Na prática, ao invés de irem para um abrigo, enquanto a Justiça decide pelo futuro da criança ou adolescente, os meninos e meninas são encaminhados para a casa de uma família. A iniciativa, parceria do Poder Judiciário com a prefeitura, prevê o acolhimento de menores entre zero e 17 anos, por pessoas previamente cadastradas. 

"Os meninos e meninas recebem cuidados dentro de uma estrutura familiar, até que seja viabilizado o retorno para os pais biológicos ou o encaminhamento para adoção", explica o executivo. A juíza da Vara da Infância e da Juventude e diretora do Foro de Mariana, Cirlaine Maria Guimarães, ressalta a importância do programa Família Acolhedora para o desenvolvimento do menor afastado dos parentes. 

"O convívio familiar faz com que a criança se sinta valorizada e verdadeiramente acolhida, mesmo que aquela não seja a sua família de origem", destaca. A assistente social do fórum de Mariana, Maria Imaculada, avalia que uma criança que desfruta de uma vida em família está mais preparada para voltar a conviver com os próprios parentes. “Por mais que os abrigos oferecem cuidado, faz muita falta o convívio de um lar”.

Interessados

Para participar do programa como acolhedor é necessário ser morador em Mariana há mais de dois anos e permanecer na cidade durante todo o período de acolhimento. Documentos pessoais devem ser apresentados na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania, junto com a ficha, que está disponível neste site.

Para mais informações, entre em contato com a equipe do Serviço Familia Acolhedora
Telefone: (31) 3558-2854
E-mail: familiaacolhedoramariana@mariana.mg.gov.br
Endereço: Rua dois de Outubro, s/n, bairro Vila Maquiné - Mariana - MG

Leia mais:

Fundação tem até o ano que vem para terminar as obras do 'novo' Bento Rodrigues
Moradores de Mariana em tratamento médico contam com casa de acolhimento em BH