Foi transferido, na manhã desta segunda-feira (14), para a Penitenciária Nossa Senhora do Carmo, na cidade de Carmo do Paranaíba, o homem suspeito de matar a própria mulher a pauladas.

O caso ocorreu na zona rural do município, localizado no Alto Paranaíba, no domingo (13). Adalberto Luiz da Silva, 38 anos, foi preso em flagrante, mas negou ser o autor do crime. Ele estava em uma cadeia da região e foi levado para o bloco de presos provisórios da unidade prisional.

De acordo com a Polícia Militar (PM), o homem teria alegado que outros dois sujeitos teriam abordado o casal, enquanto trafegavam por uma estrada, agredido Érica Aparecida da Silva, de 34 anos, e, em seguida, fugido do local.

Contudo, a versão contada pelo suspeito apresentou diversas contradições e não convenceu os policiais, que o prenderam.

Ainda segundo a PM, o casal já tinha tido outros desentendimentos, o que reforça a suspeita de Adalberto ter realmente cometido o assassinato.

O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Carmo do Paranaíba. O caso será investigado pela Polícia Civil.