Duas aves da fauna silvestre que eram mantidas em cativeiro foram apreendidas pela Polícia Militar de Meio Ambiente em Conselheiro Lafaiete, região Central de Minas, na quarta-feira (14). De acordo com a corporação, as aves da espécie maritaca estavam com as asas aparadas. O fato pode ser considerado maus-tratos.
 
A PM chegou ao local da ocorrência, na rua Gumercindo, bairro Buarque de Macedo, após denúncia anônima. Lá, os policiais encontraram uma maritaca dentro de uma casa e prenderam um homem de 31 anos.
 
No mesmo terreno, em outra residência, outra ave foi encontrada e um rapaz de 28 anos detido. Nenhum dos dois tinham autorização para criar as maritacas e elas não tinham anilhas de identificação.
 
Os suspeitos foram levados para a delegacia.