O cantor mineiro MC Delano, um dos principais expoentes do funk no país, foi preso na manhã deste sábado (15), acusado de tentar beijar uma fã à força, dentro de uma casa de shows do bairro Estoril, na região Oeste de Belo Horizonte. O funkeiro foi denunciado por uma bombeira civil, que presenciou a tentativa de abuso.

A vítima, uma estudante de 20 anos, registrou um boletim de ocorrência na Polícia Militar (PM) por importunação sexual. Segundo o relato da jovem, por volta de 4h30, ela teria ido à área reservada da casa de shows para acompanhar um amigo que passou mal.

Durante o atendimento médico do rapaz, a jovem encontrou MC Delano na área reservada e teria elogiado o cantor, afirmando ser sua fã. Neste momento, ainda segundo o relato da vítima, Delano teria tentado beijá-la à força. Mesmo sem o consentimento da jovem, o cantor ainda teria insistido em beijá-la, "segurando seu corpo à força", segundo o relato da vítima no boletim de ocorrência.

A jovem foi socorrida por uma bombeira civil, que presenciou a cena e acionou um segurança da casa de shows para retirar Delano do local. 

O cantor não resistiu à prisão e foi encaminhado para a Central de Flagrantes III, na região Leste de Belo Horizonte. Em sua versão, o músico disse que foi interpelado pela jovem dentro da casa de shows, após fazer uma pequena participação no palco, e que ela teria pedido para tirar uma foto com ele. Logo após tirar a fotografia, Delano confirmou à Polícia Civil que pediu um beijo à jovem, mas após ela negar, segundo Delano, ele não teria insistido na ação e a estudante teria ido embora.

Segundo a Polícia Civil, Delano permanecerá detido na Ceflan III até este domingo (16), quando será realizada a audiência de custódia sobre o caso.

A reportagem procurou a produção de Delano e a assessoria de imprensa do cantor, mas ninguém foi localizado para comentar o caso.