Policiais militares que faziam uma operação no bairro Nova Pampulha, em Ribeirão das Neves, na Grande BH, acabaram se deparando, no meio da madrugada desta segunda-feira (1º), com quatro garotos pedalando bicicletas compartilhadas do aplicativo Yellow que haviam sido furtadas. Com os alarmes disparados, as duas crianças, de 10 e 11 anos, e os dois adolescentes, de 14, foram abordados e acabaram sendo apreendidos.  

Era por volta das 4h25, segundo a Polícia Militar (PM), quando a viatura que fazia a operação na região avistou os quatro garotos pedalando pela avenida Um. Diante da situação, os agentes decidiram abordá-los, sendo constatado que todas as bicicletas estavam com as travas de segurança danificadas. 

Em conversa com os militares, os meninos detalharam que passaram a noite pedindo dinheiro em um sinal da região da Pampulha, em Belo Horizonte, e que, na volta para casa, se depararam com as bicicletas paradas em uma praça do bairro Xangri-lá. No meio da madrugada, eles perceberam que não havia ninguém por perto e decidiram furtar os veículos, arrombando as travas. 

Ainda de acordo com a PM, os pais das duas crianças foram localizados e acompanharam a ocorrência. Porém, nenhum responsável pelos adolescentes foi achado e, por isso, eles foram entregues ao Conselho Tutelar.  

A Yellow foi acionada pela polícia e um representante afirmou que iria até o local para recolher as bicicletas, entretanto, até o fechamento da ocorrência ninguém compareceu e elas precisaram ser recolhidas. Procurada pelo Hoje em Dia, a empresa informou por meio de uma nota que a Grow, holding responsável pela Yellow e também pela Grin, monitora todos os seus equipamentos e os encaminha para sua oficina os que precisam de reparos. 

"A empresa lembra que as suas bicicletas foram desenvolvidas com peças exclusivas, que não se adaptam a outros modelos. Além disso, todas as bicicletas e patinetes Grow são rastreados por sistema GPS - o que já levou à recuperação dos equipamentos e à apreensão de pessoas envolvidas nesses casos. A empresa conta com um time de guardiões - sua equipe de rua, destinada ao monitoramento e organização das operações -, mantém contato frequente com autoridades e também recebe denúncias feitas pelos próprios usuários, a partir das quais atua na recuperação dos equipamentos", conclui. 

O caso foi registrado na Delegacia de Plantão de Ribeirão das Neves.

Leia mais:
Trio consegue destravar bicicleta da Yellow e é preso pela PM no Centro de BH
Armadilhas em série na rota de patinetes em BH
Corrida de patinetes que desafia normas de segurança é marcada em BH; prêmio é '3 litrão' e torresmo
Bicicletas Yellow são alvo de vândalos mais uma vez em Belo Horizonte