Três menores foram apreendidos pela Polícia Militar suspeitos de incendiar dois ônibus nos bairros Guanabara e Paulo Camilo, em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, na tarde desta sexta-feira (9). 

Segundo os militares, três homens entraram no ônibus da linha 3185 (Vila Verde/ BH), na avenida Rio Madeira, na altura do número 1081, no bairro Guanabara, e ordenaram que passageiros e motorista descessem do coletivo. Os suspeitos carregavam galões de um líquido inflamável e fósforos. Assim que os ocupantes desceram, eles atearam fogo no veículo, que ficou destruído.

Uma grande nuvem de fumaça assustou os moradores. Assista:

No segundo incêndio, no bairro Paulo Camilo, dois homens que estavam em uma motocicleta surpreenderam o motorista e determinam que ele e os passageiros também descessem e atearam fogo no veículo.

A motivação dos ataques teria sido uma represália pela morte de dois homens durante um confronto com a polícia, na tarde dessa quinta-feira (8). "Nós encontramos cartazes próximos aos ônibus com frases maldizendo a polícia e fazendo alusão à ocorrência de ontem", explicou o tenente-coronel Halysson Câmara.

Ainda conforme o militar, os suspeitos, com idades entre 16 e 17 anos, foram detidos no bairro PTB, também em Betim.

O mandante do crime também já foi identificado e polícia faz diligências para localizá-lo.