O outuno começa às 19h45 desta sexta-feira (20) com pessimismo de especialistas em relação a crise hídrica. Historicamente, a estação é marcada por baixo volume de chuva, o que deve agravar a situação dos reservatórios de Minas Gerais.
 
Em Belo Horizonte e Região Metropolitana, segundo o meteorologista Heriberto dos Santos, do Centro de Climatologia Tempo Clima/PUC Minas, a previsão é de que chova 61 milímetros em abril. Para maio e junho o índice deve ser ainda menor, de 28 e 14 mm, respectivamente.
 
"O verão já teve pouca chuva, o que acarretou em seca no Estado. O outono é período de pouca precipitação e, por isso, a tendência é que diminua as chuvas nos reservatórios para os próximos meses", explicou o especialista.
 
Tempo
 
Além do baixo volume de chuva, o outono é marcado por ligeiro declínio das temperaturas e baixa umidade do ar no período da tarde. "Nesta estação já temos a entrada da massa de ar fria vinda do Sul do Brasil, que deve atuar principalmente no Sul de Minas", informou Heriberto.
 
Na capital e Grande BH, os termômetros devem oscilar entre 18ºC a temperatua mínima e máxima de 25ºC.