Os mais de 200 mil usuários do metrô de Belo Horizonte terão acesso gratuito a mensagens de alerta sobre riscos de chuvas ou possíveis desastres naturais que podem afetar as viagens do sistema. O serviço, possível graças a uma parceria entre a Companhia Brasileira de Trens Urbanos da capital mineira (CBTU-BH) e a Defesa Civil Municipal, funcionará por mensagens enviadas pelo aplicativo WhatsApp e por SMS. 

Em reunião realizada nesta semana, o diretor de Articulação e Mobilização da Subsecretaria Municipal de Proteção e Defesa Civil, Roger Leite, destacou que, com a novidade, o metrô opera como "meio estruturador da mobilidade e a difusão da informação a esse público", o que ajudará a salvar vidas de pessoas que nunca imaginaram viver uma situação iminente de risco durante uma viagem corriqueira. 

“A Defesa Civil já está no Facebook, Telegram, Twitter e Instagram, mas quer expandir as possibilidades de difusão da informação. Nunca saberemos quantas vidas ajudaremos a salvar numa única tomada de decisão. A importância da medida está em nos prepararmos bem para os momentos de crise e em perceber a hora certa de tomar medidas protetivas”, enfatiza.  

Também durante o encontro, o gerente de operações da CBTU, Frank Coelho, afirmou que o acordo entre as instituições tem o objetivo de garantir que elas trabalhem de forma integrada para proteger a população e evitar que os passageiros sejam pegos de surpresa com fechamentos de vias, ampliação de intervalos na operação ou interrupções pontuais na circulação dos trens.

A Defesa Civil de BH mantém um serviço de alerta por SMS desde 2018, avisando sobre possíveis desastres naturais no estado. O serviço orienta quanto aos procedimentos a serem adotados diante do risco de chuvas fortes, granizo, tempestades, vendavais, alagamentos, deslizamentos de terra, entre outros fenômenos meteorológicos.

Quem quiser se cadastrar no serviço só precisa enviar o número de seu CEP para o telefone 40199, por mensagem gratuita, solicitando a adesão. Após o cadastro, o celular já estará apto a receber alertas e, se o usuário desejar, também é possível cancelar o serviço por mensagem de texto. 

Como funcionará

Ainda de acordo com a CBTU, a atuação conjunta das instituições permitirá que o Centro de Controle Operacional e o Centro de Monitoramento da Segurança da companhia tenham acesso imediato à informação e que possam repassá-la às 19 estações, ampliando a comunicação ao usuário, com a veiculação gratuita de alertas da Defesa Civil através do sistema de som dos trens e estações.

Também haverá a veiculação de campanhas públicas permanentes exibidas nos mais de 300 monitores instalados nos trens. Além disso, a parceria também garantirá a capacitação extensiva dos funcionários das duas instituições, já que serão realizados treinamentos e simulados conjuntos.

Leia mais:
Metrô funcionará até 0h30 de quarta para torcedores voltarem para casa após jogo do Atlético
Após vandalismo com extintores, CBTU reforça segurança no metrô para o clássico
Torcedores usam 20 extintores de incêndio para vandalizar metrô após jogo entre Atlético e Botafogo