Metroviários não cumprem escala mínima e todas as estações estão fechadas em BH nesta quinta

Da Redação
portal@hojeemdia.com.br
23/12/2021 às 08:04.
Atualizado em 29/12/2021 às 00:36
 (Lucas Prates)

(Lucas Prates)

Os metroviários de Belo Horizonte estão de braços cruzados desde às 0h desta quinta-feira (23). Apesar da determinação da Justiça, não haverá escala mínima, conforme informou o Sindicato dos Empregados em Transportes Metroviários e Conexos de Minas Gerais (Sindimetro-MG). Na capital, todas as estações estão fechadas. 

A paralisação será por tempo indeterminado. A categoria reivindica uma resolução do Conselho de Parcerias de Investimentos, do governo Federal, que impossibilita que os empregados de Belo Horizonte solicitem transferência para outras unidades. A decisão por suspender os trabalhos foi tomada durante assembleia realizada no último domingo (19). 

Durante a semana, no entanto, a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) afirmou que obteve uma liminar do Tribunal Regional do Trabalho (TRT-MG), que estabelece a manutenção de parte da operação do transporte durante a greve dos metroviários. Conforme o texto, as viagens deveriam ocorrer em horários de pico, das 5h30 às 10h, no período da manhã, e das 16h30 às 20h, no período da noite.

A multa pelo descumprimento é de R$ 30 mil. O sindicato, porém, disse que até às 21h de quarta-feira (22) não foi notificado da decisão judicial em caráter liminar. "A paralisação vai afetar em cheio os usuários do metrô, mas é uma situação limítrofe entre a privatização da empresa e a demissão dos funcionários concursados lotados em Belo Horizonte”, informou o Sindimetro por meio de nota. 

Compartilhar
Logotipo Hoje em DiaLogotipo Hoje em Dia

Fale conosco: (31) 3253-2207

ASSINEDigitalATENDIMENTO AO ASSINANTEBelo Horizonte 31 3236-8000Interior 31 3236-8000
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por