Minas Gerais alcançou a marca de 700 cidades com registro de pelo menos uma morte causada pela Covid-19, conforme boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) nesta segunda-feira (28). 

De acordo com o levantamento, nas últimas 24 horas foram registradas 13 mortes, totalizando 11.605 óbitos em decorrência da doença causada pelo novo coronavírus. 

O Estado atestou ainda, no intervalo de um dia, 1.110 casos da enfermidade, elevando 524.658 infectados em território mineiro.

Os números da SES apontam ainda que 40.006 mineiros diagnosticados com o vírus estão em acompanhamento. Desde o início da pandemia, em maio, 473.047 pacientes se recuperaram da doença. 

A taxa de letalidade da Covid-19 no Estado está em 2,2%.

Perfil das vítimas

Ainda conforme os dados do governo de Minas, a média de idade das pessoas que pegaram a Covid no Estado é de 42 anos. A maior parte (23,9%) é composta por pessoas entre 30 e 39 anos; seguida por pessoas entre 40 e 49 anos (19,5%); e por pacientes com idades entre 20 e 29 (18,1%).

Do total de mortos, 57% (6.576 pessoas) eram homens e 43% (5.029) eram mulheres. Além disso, 74% dos pacientes que evoluíram para óbito tinham alguma comorbidade, ou seja, alguma doença, sendo as mais comuns as do coração, a diabetes e das enfermidades do pulmão.

O boletim completo pode ser visto aqui.

Leia também:
Caixa paga auxílio emergencial a 3,2 milhões nascidos em novembro
Bolsonaro viaja ao Guarujá para passar o feriado do Ano Novo