Minas Gerais supera a marca de 112 mil infectados pela Covid-19 neste domingo (26), de acordo com os dados divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde (SES). Em uma semana, o Estado saltou de 92.972 para 112.571 casos confirmados - quase 20 mil novos registros em sete dias. São, em média, 2.800 confirmações por dia. 

O número de mortes chegou a 2.429 - um aumento de 447 no mesmo período e média de 64 por dia. No dia 19 de julho, Minas somava 1.982 óbitos pela Covid-19. 

O boletim informa ainda que, nas últimas 24 horas, foram 2.478 casos confirmados e 25 óbitos. No sábado, os números chegaram a 3,2 mil novas confirmações e 89 mortes atestadas.

Belo Horizonte permanece como epicentro do coronavírus no Estado, com 16.778 casos e 459 óbitos, à frente de Uberlândia, no Triângulo Mineiro, que tem 11.785 novos infectados e 188 vidas perdidas.

Perfil

Do total de infectados em Minas Gerais, 53% são do sexo masculino e 47% do sexo feminino. Em relação aos falecimentos, a diferença é ainda maior: 58% de homens e 42% de mulheres.

No Estado, 76% das pessoas que faleceram em decorrência da doença tinham mais de 60 anos. A média de idade dos óbitos é de 69 anos. Outro dado fornecido pela SES é de que 83% do total de mortes apresentavam outras enfermidades.

De março até agora, 13.165 pacientes precisaram de hospitalização em Minas. O restante permaneceu em isolamento domiciliar. Atualmente, 26.931 pessoas estão sendo sendo acompanhadas. E 83.211 já se recuperaram.