Mais de 70 casos suspeitos de reinfecção por Covid-19 estão sendo investigados em Minas Gerais. Segundo dados apresentados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), são 72 notificações em investigação no momento. O número é quase duas vezes maior do que o registrado no dia 11 do mês passado. Na ocasião, eram 37.

De acordo com a SES-MG, 156 casos foram notificados no Estado, sendo dois descartados e 82 considerados inconclusivos devido à falta de dados que permitissem a investigação. Não há casos confirmados de reinfecção em Minas Gerais.

Os 72 casos restantes estão em investigação pela Subsecretaria de Vigilância Epidemiológica, em parceria com a Fundação Ezequiel Dias (Funed) e regionais de saúde. Conforme o protocolo do Ministério da Saúde, a SES considera suspeitas as notificações de pessoas que apresentam novo quadro clínico 90 dias após a primeira confirmação da doença.

A reinfecção só poderá ser comprovada se for realizado o sequenciamento genético da primeira e segunda amostras positivas. As duas amostras positivas para exame de Biologia Molecular (RT-PCR) devem ser encaminhadas à Fundação Ezequiel Dias (Funed), que fará o sequenciamento genético para avaliar se o vírus da primeira infecção é diferente do da segunda infecção. Neste caso serão observadas mutações genéticas que diferenciarão ou não os vírus.

Leia mais:
Governo teme explosão de casos de Covid-19 após o Carnaval e pede que mineiros não aglomerem
Governo de Minas prevê que grande parte da população com mais de 60 anos esteja vacinada até abril
Mais de 350 mil pessoas foram vacinadas contra a Covid-19 em Minas; 60 mil já receberam a 2ª dose