Minas Gerais receberá, na tarde desta segunda-feira (25), mais 87.600 doses da CoronaVac, imunizante contra a Covid-19 produzido pelo Instituto Butantan, de São Paulo, em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac Biotech.

O novo lote chegará ao Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.  A remessa se soma às outras 577 mil doses, recebidas na última segunda-feira (18). 

Nesse domingo (24), o Estado também recebeu 190.500 doses do imunizante desenvolvido pelo laboratório AstraZeneca/Universidade de Oxford, em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). A vacina deve ser distribuída aos municípios mineiros ao longo da semana para garantir a proteção dos profissionais da saúde.

Pandemia em Minas Gerais

Segundo o boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES) desta segunda-feira (25), dos 853 municípios, 732 já confirmaram ao menos uma morte por complicações do novo coronavírus, o equivalente a 85,8% das cidades.

Conforme o levantamento, em 24 horas, foram 2.697 novos casos da doença, chegando a 693.550 infectados desde o início da pandemia, em março do ano passado. Em um dia, a pasta também contabilizou 26 óbitos, alcançando 14.305 vítimas da enfermidade. 

O boletim também indica que 614.232 pessoas já se recuperaram da Covid em Minas. Outros 65.013 pacientes seguem em observação, internados ou em isolamento social.

Leia mais:
Com eficácia geral de 50%, a CoronaVac protegerá só metade dos vacinados? Não! Médicos explicam
BH já tem um caso de Covid-19 para cada 30 moradores
Ao menos uma morte por Covid-19 já foi confirmada em 85% das cidades de Minas