Minas Gerais receberá R$ 25,4 milhões para reduzir o tempo de espera de quem está na fila para cirurgias eletivas, informou o Ministério da Saúde. Entre julho de 2017 e junho de 2018, foram realizadas 39.796 cirurgias sem caráter de urgência no Estado, utilizando recursos do Sistema Único de Saúde (SUS).

De acordo com o ministério, no total, R$ 250 milhões serão repassados para todo o país para realização de cerca de 285 tipos de procedimentos ambulatoriais e hospitalares da tabela SUS. O objetivo é que estados e municípios organizem mutirões de cirurgias eletivas.

As cirurgias eletivas fazem parte da rotina dos atendimentos dos serviços de saúde no SUS e têm financiamento assegurado pelo repasse mensal de recursos destinados ao custeio de procedimentos de média e alta complexidade, enviados de forma regular e automática a todos os estados e municípios brasileiros.