Minas recebe, nesta sexta-feira (18), mais 508.170 doses de vacinas contra a Covid-19. Parte da 25º remessa chegou ao Estado pelo Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, na região metropolitana, às 8h25, com 235.170 doses da Pfizer. Outras 273.000 doses da CoronaVac estão previstas para o fim da manhã.

As duas remessas serão encaminhadas para a Central de Rede de Frio do Estado, na capital mineira, para, posteriormente, serem distribuídas às 28 Unidades Regionais de Saúde (URS). A logística de distribuição, conforme informou a Secretaria de Estado de Saúde (SES), será divulgada em breve.

Com a nova entrega, Minas volta a receber o imunizante produzido pelo Instituto Butantan depois de um mês. A fabricação foi suspensa por falta de matéria-prima importada da China e as atividades só foram retomadas no fim de maio, com a chegada de 3 mil litros de insumo farmacêutico ativo (IFA).

As duas vacinas serão destinadas à imunização dos grupos prioritários do Plano Nacional de Imunização (PNI). As doses da Pfizer serão usadas para proteger os mineiros com doenças crônicas, gestantes e mulheres que acabaram de dar à luz, pessoas com deficiência permanente, além dos trabalhadores da educação e das forças de segurança. 

A CoronaVac vai para o mesmo público, além da segunda dose dos trabalhadores da saúde. Municípios que possuem doses disponíveis podem avançar na imunização de outros públicos – abaixo dos 60 anos. 

Ao todo, Minas recebeu 11,7 milhões de vacinas. Seis milhões de pessoas foram protegidas com a primeira dose e 2,6 milhões tomaram o reforço. 

Leia mais:
Minas volta a receber CoronaVac após 1 mês; doses da Pfizer também chegam nesta sexta
Brasil bate a marca de 496 mil mortes por Covid-19; 2.311 óbitos foram confirmados em 24 horas
Com piora nos indicadores da Covid, Triângulo do Norte regride para a Onda Vermelha