Dezenove mortes em decorrência do novo coronavírus foram confirmadas em Minas Gerais em apenas um dia. Com isso, o número de óbitos saltou para 399, conforme boletim epidemiológico divulgado na manhã desta terça-feira (9). Outras 202 casos que evoluíram para o falecimento dos pacientes estão em investigação. 

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde, em meio ao avanço da enfermidade pelo território mineiro, cresce também a quantidade de doentes. O total de casos confirmados da doença no Estado já soma 16.102. 

O levantamento aponta que a Covid-19 já foi identificada em 520 municípios, mais de 60% do território mineiro. Ao todo, 130 cidades contabilizam mortes pelo novo coronavírus. 

Belo Horizonte concentra o maior número de moradores com o diagnóstico da doença (2.487), onde 62 evoluíram para óbito, seguido de Uberlândia (1.213) e Juiz de Fora (739). A capital iniciou na segunda-feira (8) a segunda etapa de flexibilização do comércio.

Segundo o boletim, a maioria dos pacientes que morreram em decorrência do novo coronavírus são homens, sendo 208 dos 399 pacientes. Já 290 deles são idosos com mais de 60 anos, média de 73%. Além disso, 85% dos óbitos ocorreram em pacientes que já tinham fatores de risco, principalmente hipertensão, diabetes e cardiopatia.

Curados

Do total de doentes no Estado, 7.363 conseguiram se recuperar e, hoje, são considerados curados. Outras 8.340 pessoas seguem sendo acompanhadas por médicos. 

Leia mais:
Idosos com sintomas de Covid serão acompanhados em abrigo temporário na região de Venda Nova
Reunião entre FMF e SES, sobre volta do futebol em Minas Gerais, é adiada para 17 de junho