Minas Gerais confirmou, nesta quinta-feira (8), 492 mortes em decorrência da Covid-19 só nas últimas 24 horas. Somado ao recorde registrado ontem (7), com 508 óbitos, o Estado chegou à marca de mil óbitos em apenas dois dias. Os dados são do boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde, divulgado nesta manhã.

Ao todo, desde o início da pandemia, 26.795 mineiros já perderam a batalha contra a Covid-19. A taxa de letalidade está em 2,2% e 809 municípios já registraram ao menos um óbito ocasionado pela doença.

O boletim divulgado nesta quinta-feira também atualizou o número de casos. Em um único dia, foram 9.203 notificações. Até agora, o novo coronavírus já contaminou 1.192.050 pessoas no Estado.

Os recuperados da enfermidade somam 1.073.225. O levantamento aponta ainda que 92.030 pacientes estão em observação, internados ou em isolamento social.

Imunizados

A primeira dose da vacina contra a Covid-19 em Minas já foi aplicada em 2.086.750 de pessoas desde o início da campanha de imunização, em janeiro deste ano. Deste grupo, 639.426 mineiros tomaram a segunda dose, conforme dados divulgado no vacinômetro, painel da SES que monitora a campanha no Estado. 

Do público-alvo, segundo o levantamento, foram protegidos 540.910 profissionais de saúde da linha de frente no combate à doença, 29.392 idosos que estão em asilos, 3.687 deficientes que vivem residências inclusivas e 7.121 índios de aldeias mineiras.

De acordo com a SES, para todo o território mineiro, o Ministério da Saúde disponibilizou 4.651.980 vacinas, sendo 4.539.718 distribuídas aos municípios.

Leia mais:
Minas recebe mais 478 mil doses da vacina contra a Covid; governo quer imunização aos fins de semana
Zema diz que muitos hospitais de Minas só tem estoque de sedativo para mais um, dois ou três dias
Mais uma criança morre vítima da síndrome inflamatória infantil associada à Covid em Minas