O número de infectados pela Covid-19 em Minas chegou a 113.718 nesta segunda-feira (27), conforme balanço divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES). Deste total, 2.461 pacientes não resistiram à enfermidade e morreram.

Nas últimas 24 horas, de acordo com o levantamento, foram atestados 1.147 casos e 32 óbitos. Até o momento, há notificações do novo coronavírus em 793 municípios mineiros. Mortes foram registradas em 375 cidades. Cento e vinte e dois óbitos seguem em investigação.

Dentre as pessoas que perderam a vida, 76% tinham mais de 60 anos e 83% outras doenças preexistentes, que podem ter agravado o quadro de saúde. Quando se analisa o perfil dos doentes, a faixa etária que com mais confirmações diminui. Nesse caso, 452% dos infectados tinham entre 30 a 49 anos.

O boletim epidemiológico revela que, atualmente, 26.922 mineiros são acompanhados por equipes médicas, em hospitais ou em casa. No Estado, 84.335 pessoas que receberam o diagnóstico positivo da Covid-19 conseguiram se livrar o vírus e hoje são consideradas curadas.

Epicentro

Belo Horizonte é a cidade com mais notificações. A metrópole soma, conforme o levantamento da SES, 16.778 casos confirmados e 459 mortes. Por causa dos registros que não diminuem, há quase um mês o município está na fase zero da flexibilização.

Ou seja, somente os serviços essenciais estão autorizados pela prefeitura a funcionar. Por enquanto, ainda não há previsão para a reabertura de outros setores comerciais.

Uberlândia, no Triângulo mineiro, é o segundo município mais afetado pela Covid-19, com 11.871 casos e 197 óbitos.

Leia mais:
Mais estações de ônibus passam a contar com barreiras sanitárias em BH
Lotação e falta de álcool nos ônibus rendem mais multas que ausência de cobrador