Minas tem 147 casos confirmados de influenza H3N2

Marina Proton
mproton@hojeemdia.com.br
27/12/2021 às 09:29.
Atualizado em 29/12/2021 às 00:37
 (Pixabay/Divulgação)

(Pixabay/Divulgação)

Minas Gerais tem 147 casos confirmados de pessoas contaminadas pelo vírus influenza A/H3N2. Segundo dados divulgados na manhã desta segunda (27) pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), nenhum óbito pela doença foi registrado até o momento. 

Ainda de acordo com a pasta, a detecção até o momento foi apenas de A/H3N2 e “nenhum outro subtipo de influenza foi identificado este ano no Estado”. As amostras clínicas do vírus foram analisadas pela Fundação Ezequiel (Funed). 

Os testes detectados são provenientes de pacientes de 48 cidades mineiras, uma do Rio de Janeiro, uma da Bahia e uma de São Paulo. Os casos confirmados estão concentrados em pacientes com síndrome gripal provenientes da macrorregião de Saúde Centro, com 66 casos (44,9%), seguida da região Sudeste, 39 (26%), Centro Sul, 17 (11%), Sul, com seis casos (4%) e Leste, com cinco (3%). 

“As macrorregiões de Saúde do Vale do Aço, Oeste, Jequitinhonha, Leste do Sul Norte e Nordeste detectaram a presença do Influenza A/H3N2 em um ou três amostras cada, e as demais macrorregiões não tiveram a detecção de nenhum vírus da influenza em 2021”.

Já em 2020, a Funed detectou 489 amostras clínicas para influenza e 21 óbitos associados ao vírus de todos os subtipos, não apenas ao A/H3N2.

A SES reitera a necessidade de manutenção dos mesmos cuidados preventivos contra outros vírus respiratórios, como o da gripe e do coronavírus. Por isso, é preciso higienizar as mãos, utilizar lenço descartável para higiene nasal, cobrir o nariz e a boca ao espirra ou tossir e utilizar máscara de proteção.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por