Minas tem 1.969 casos confirmados de dengue e uma morte pela doença até o momento neste ano. Se comparado ao último levantamento, do dia 17 de fevereiro, são 387 infecções confirmadas a mais no Estado. Os dados são do boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde de Minas (SES-MG), divulgado nesta quarta-feira (24), que revela, ainda, que o Estado tem 6.682 casos prováveis da doença. 

Em relação à febre chikungunya, transmitida pelo mesmo vetor, o mosquito Aedes aegypti, foram registrados 1.303 casos prováveis da doença e, desse total, 604 foram confirmados. Não foram comprovados óbitos por chikungunya em Minas até o momento.

Também disseminado pelo Aedes, o zika vírus teve registrado 63 casos prováveis e, desse total, 4 foram confirmados, também sem óbitos verificados.

Cuidados

Os especialistas reforçam a importância de alguns cuidados para eliminar os criadouros do mosquito transmissor. São medidas simples, mas que fazem muita diferença na prevenção:

- Manter caixas d´água, tonéis e barris fechados;

- coloque o lixo em sacos bem fechados;

- retire garrafas, vasos de plantas, pneus, latas e quaisquer objetos que possam acumular água parada;

- preencha os pratinhos de vasos de planta com terra para evitar que a água fique aprisionada nesses locais;

- converse com seus vizinhos sobre o problema e estimule a participação de todos.