A Secretaria de Estado de Saúde (SES/MG) divulgou na manhã desta segunda-feira (7) mais um boletim epidemiológico que monitora o avanço da pandemia do coronavírus Covid-19 em Minas. Segundo o informe, o número de infectados pela doença chegou a 236.012. Já o número de óbitos subiu para 5.851. Nas últimas 24 horas foram registrados 1.208 casos positivos e 14 mortes em decorrência da doença.

O balanço também indica queda no número de hospitalizações por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), que é mensurado pela semana do ano. O número de casos caiu de 1.606 interações na semana 35, para 345 hospitalizações na semana 36, que corresponde o período de 31 de agosto a 6 de setembro. 

Região metropolitana

Belo Horizonte acumula 34.706 casos confirmados da doença, com 1.073 óbitos. Na região metropolitana, Contagem é a cidade com maior número de positivos e mortes, com 7.571 pessoas infectadas e 301 perdas. Betim aparece em seguir com 4.744 confirmações e 175 falecimentos. 

Ribeirão das Neves é a cidade com a terceira maior incidência da doença na RMBH, com 3.116 casos confirmados e 121 óbitos. Nova Lima, por sua vez, acumula 2.662 infectados e 22 mortes, enquanto Sete Lagoas contabiliza 1.917 notificações e 34 baixas.

No Estado

Em todo Estado, 839 dos 853 municípios registraram casos positivos para Covid-19. Uberlândia, no Triângulo Mineiro, é a cidade do interior com o maior número de casos positivos para a doença com 21.415 confirmações e 433 mortes. 

Ipatinga, no Vale do Aço, é a segunda cidade do interior com maior número de pessoas que contraíram o novo coronavírus. São 7.657 notificações positivas e 156 óbitos. Governador Valadares, na mesma região, figura com 6.201 casos e 211 vítimas. 

Montes Claros (Norte) e Juiz de Fora (Zona da Mata) completam os cinco municípios com maior ocorrência da doença. A cidade do Norte de Minas acumula 6.043 casos positivos e 88 óbitos, enquanto o município da Zona da Mata soma 4.855 infecções e 166 mortes.