Minas Gerais alcançou a marca 450.098 pacientes recuperados da Covid-19, desde o início da pandemia, em março deste ano​, conforme boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde nesta segunda-feira (21).

Conforme o levantamento, 38.166 pessoas seguem em observação médica, internados ou em isolamento.

No entanto, o número de casos da doença continua em alta. Em 24 horas, 1.827 mineiros testaram positivo para o vírus, totalizando 499.499 infectados no Estado.

No mesmo período, 10 pessoas perderam a vida por complicações da enfermidade, chegando a 11.235 óbitos em território mineiro. Dos 853 municípios, 696 atestaram ao menos uma morte pela doença.

Belo Horizonte é o epicentro da epidemia no Estado, com 57.802 casos e 1.787 mortes. Logo em seguida, Uberlândia, no Triângulo Mineiro, tem 40.371 confirmações e 727 óbitos.

Covid mata mais mineiros do que homicídios

Em menos de nove meses, a Covid-19 já matou quatro vezes mais que os homicídios registrados de janeiro a novembro deste ano em Minas Gerais. No período, enquanto 2.323 pessoas foram assassinadas, outras 10.041 morreram em decorrência do novo coronavírus até o último dia 30. Desde então, às estatísticas, somaram-se mais 1.194 óbitos de pacientes que foram infectados pela doença. 

Leia mais:

Covid-19 mata quatro vezes mais mineiros do que os homicídios
Proximidade das festas de fim de ano preocupa médicos; veja o vídeo
Endocrinologista alerta para o aumento da obesidade durante a pandemia de Covid-19