Identificar indivíduos e grupos atingidos e dar apoio técnico e organizacional à população de Macacos, em Nova Lima, são algumas das frentes de trabalho para as quais o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) recruta assessoria. Podem se inscrever no chamamento público aberto pelo órgão, entidades sem fins lucrativos que queiram prestar o serviço ao distrito de São Sebastião das Águas Claras, na Grande BH. 

O objetivo é atender os atingidos em razão do acionamento do nível 2 e, posteriormente, nível 3, do Plano de Emergência de Barragens de Mineração para as barragens B3 e B4 da mina Mar Azul. 

De acordo com o MPMG, a assessoria ocorrerá de forma independente e estará vinculada às demandas e necessidades dos moradores, sendo escolhida pelos próprios antingidos. 

As entidades interessadas deverão possuir, no mínimo, três anos de existência; e ter experiência técnica comprovada na atuação em desastres e remoções forçadas. Para todas as informações sobre o chamamento, acesse os links abaixo:

Edital de chamamento público;
Anexos do Edital;
Termo de Referência

(*) Colaborou Anderson Rocha