O ministro da Saúde Eduardo Pazuello afirmou, em pronunciamento nesta quarta-feira (13), que a campanha de vacinação contra a Covid-19 terá início ainda neste mês no Brasil.

Segundo ele, a ação será possível após a aquisição de 2 milhões de doses do imunizante de Oxford, fabricado pela Serum Institute of India, empresa vinculada ao grupo farmacêutico inglês AstraZeneca.

Um avião decolará, nesta quarta, com destino ao país asiático para buscar o material. As doses deverão chegar ao país na próxima segunda-feira (18). 

O ministro ainda afirmou que o Brasil tem condições de começar a vacinação após o aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para qualquer um dos imunizantes.

Além dessa vacina, a CoronaVac, feita no Instituto Butantan, em São Paulo, aguarda aprovação da Anvisa para uso emergencial no país.

Leia mais:
Associação de clínicas particulares firma acordo para compra de vacina indiana contra Covid-19
Cresce procura por vacina contra Covid-19 em clínicas particulares de BH mesmo sem disponibilidade
Planos de saúde criam alternativas para consumidor manter benefício