Moradores da Ocupação Maria Guerreina, na região de Venda Nova, realizaram, na manhã desta terça-feira (11), uma manifestação contra o despejo das famílias dessa comunidade.

O terreno, segundo o movimento, estava abandonado e servia como depósito de lixo. Segundo o representante da Brigadas Populares, Frei Gilvander, não foi apresentado, até o momento, nenhuma decisão judicial para a desocupação de 20 das 30 casas no local.

Os integrantes da ocupação querem que a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) negocie a saída deles, mediante concessão de uso da terra ou reassentamento.