Moradores de ocupações protestam por moradia em frente ao Palácio da Liberdade

Raquel Gontijo
raquel.maria@hojeemdia.com.br
09/12/2021 às 11:12.
Atualizado em 14/12/2021 às 00:36
 (Lucas Prates / Hoje em Dia)

(Lucas Prates / Hoje em Dia)

Representantes das ocupações Carolina Maria de Jesus, Manuel Aleixo e Vicentão manifestam, nesta quinta-feira (9), em frente ao Palácio da Liberdade, região Centro-Sul de BH. Os moradores alegam que desde 2019 o governo do Estado e a Companhia de Habitação do Estado de Minas Gerais (Cohab-MG), não pagam um subsídio de aluguel de moradia de mais de 300 famílias, pactuado com as três ocupações em 2018. 

De acordo com o coordenador do Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB), William de Oliveira, além do aluguel, o acordo com o governo estadual garante a compra de um prédio e um terreno, na região central de BH, para as famílias cadastradas. “Nós estamos pela segunda vez aqui acampados, pressionando e cobrando que esse acordo seja cumprido pelo Estado e garanta a moradia definitiva das famílias cadastradas”, declarou. 

De acordo com a BH Trans, duas faixas entre Av Bias Fortes e Av Cristóvão Colombo estão fechadas em função da manifestação, provocando lentidão na Bias Fortes (sentido Savassi) até Av. Álvares Cabral.

O Hoje em Dia entrou em contato com o Governo do Estado e com Cohab-MG e aguarda retorno.
 Lucas Prates / Hoje em Dia / N/A

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por