Moradores de quatro edifícios do bairro Santo Agostinho, região Centro-Sul de Belo Horizonte, foram autorizados pela Defesa Civil e pelo Corpo de Bombeiros a voltarem para os prédios, que foram evacuados após vazamento de gás.
 
Conforme o Corpo de Bombeiros, técnicos da Copasa realizavam manutenção no cruzamento das ruas Alvarenga Peixoto com Araguari quando perfuraram o gasotudo, por volta das 16h25 de domingo (15). A Companhia de Gás de Minas Gerais (Gasmig) compareceu ao local, confirmou o vazamento na rua Araguari, altura do número 1.254, e acionou o Corpo de Bombeiros. A Defesa Civil também esteve no local.
 
Por questão de segurança, os edifícios foram evacuados até a equipe da Gasmig estancar o vazamento, às 20h. Após vistoria dos bombeiros e da Defesa Civil, os moradores foram autorizados para voltarem às suas residências.
 
Por meio de nota, a Gasmig informou que "segue rígidas normas de segurança para a construção das suas redes, que são devidamente sinalizadas na superfície das vias e, inclusive, subterraneamente. A Gasmig também tem como praxe acompanhar as obras de quaisquer concessionária que a solicite auxílio na execução de obras".
 
Na madrugada desta segunda-feira (16), por volta das 5h, a equipe de manutenção da Gasmig finalizou o processo, restabelecendo o fornecimento de gás natural dos moradores, que foram desligados para os reparos da rede.