A segunda morte do período chuvoso 2013/2014 foi confirmada pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais. Conforme o balanço, três cidades mineiras estão em situação de emergência, sendo o município de Santos Dumont o último a entrar para a lista.

Ainda segundoo órgão, Vitória Carolina Venâncio, de 12 anos, morreu vítima de deslizamento de terra em Caratinga, no Vale do Rio Doce, na sexta-feira (6). Um barranco ao lado da casa da vítima atingiu o teto do quarto onde ela dormia na madrugada, durante forte temporal. A garota chegou a ser socorrida e encaminhada ao Pronto-Atendimento Médico (PAM) do município. No entanto, não resistiu aos ferimentos sofridos e morreu no período da tarde.

A menina foi retirada dos escombros por familiares e vizinhos e levada ao hospital por equipe do Corpo de Bombeiros. Na hora do deslizamento, os pais e três irmãos de Vitória também estavam na residência, mas os cômodos onde eles dormiam não foram totalmente destruídos como o dela. O imóvel da família fica na rua José Belegard, bairro Nossa Senhora Aparecida, e foi interditado para vistoria da Defesa Civil.
 
Primeira morte
 
A primeira morte do período chuvoso 2013/2014 em Minas Gerais foi registrada pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) em outubro. A vítima foi o trabalhador rural Romário Rocha Cazarim, de 21 anos. O jovem faleceu depois de ser atingido por um raio em Astolfo Dutra, na Zona da Mata.

(*) Com Tábata Martins