Um motorista embriagado capotou o carro que dirigia, na manhã deste domingo (30), no bairro Santa Lúcia, na região Sul de Belo Horizonte. O homem, de 32 anos, foi submetido ao teste do bafômetro, que apontou 0,68 miligramas de álcool por litro de ar expelido. A medida é o dobro da concentração considerada apenas como infração. Além de pagar multa, o condutor responderá por crime de trânsito.

Segundo a Polícia Militar, o homem relatou ter sido fechado por um outro veículo. Ao tentar desviar do carro, teria pedido o controle e capotado na curva, que é bastante sinuosa. O rapaz apresentava hálito etílico, fala desconexa, andar cambaleante e olhos avermelhados.

Ao se submeter ao teste do bafômetro, foi confirmado que dirigia sob efeito de bebida alcoólica. A documentação do veículo, segundo a PM, também estava irregular, com último o licenciamento de 2014.

Em função de um ferimento na boca, o homem foi levado para um hospital particular, de onde seria encaminhado para o Detran.

Além de pagar multa de R$ 1.915,40, quem dirige embriagado perde o direito de dirigir por um ano. Quando enquadrado em crime de trânsito, o condutor pode sofrer pena de detenção de seis meses a três anos.