Um motorista de transporte via aplicativo, de 36 anos, foi assassinado com arma de fogo e teve o celular roubado na noite dessa quarta-feira (2) em uma área de disputa pelo tráfico de drogas no bairro São Mateus, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Ninguém foi preso.

De acordo com a Polícia Militar, agentes realizavam uma operação de prevenção ao crime na região quando populares avistaram a viatura e informaram sobre a localização de um homem aparentemente sem vida dentro de um veículo Fiat Uno alugado. Os militares foram ao local, confirmaram o fato, isolaram a rua e acionaram o Samu. O óbito da vítima foi constatado pela equipe médica.

Conforme a perícia, o homem levou um tiro na cabeça e faleceu na hora. Havia ainda marcas de tiros na janela, porta e no capô do veículo. No banco do passageiro, foram encontradas quatro porções de substância semelhante a cocaína. A carteira da vítima também foi localizada: no interior, havia uma CNH com data de validade vencida e cartões de crédito do motorista.

Os policiais ainda identificaram que havia um suporte para celular afixado ao vidro e um carregador ainda conectado à base. O aparelho de telefone não foi encontrado, o que, segundo a PM, corrobora a hipótese de que o celular foi roubado.

Populares que não quiseram se identificar como testemunhas afirmaram que o possível autor dos disparos teria agido sozinho e foi visto descendo a rua a pé. Já outras pessoas declararam que o homem estava acompanhado em uma motocicleta. Nenhum suspeito foi localizado.

Por fim, os militares entraram em contato com o proprietário do automóvel. Ele informou que o veículo foi alugado para que o homem pudesse trabalhar como motorista e não soube repassar mais informações sobre a vítima. O carro foi recolhido ao depósito e o caso foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil.

Leia mais:
Pecuaristas mineiros poderão comprar vacina contra aftosa até o próximo dia 18
Deficientes sem BPC começam a receber vacina contra Covid
Polícia Militar encerra festa com aglomeração em sítio em Ribeirão das Neves, na Grande BH