Um motorista de aplicativo de 28 anos foi preso por suspeita de ter estuprado uma passageira em Araguari, no Triângulo Mineiro, na noite de terça-feira (12). O caso será investigado pela delegacia de Plantão de Atendimento à Mulher da cidade.

De acordo com o boletim de ocorrência, uma jovem de 20 anos contou que embarcou no veículo ao sair da casa do namorado. Em determinado momento, o motorista teria desviado do caminho e perguntado à passageira se ela estava de calcinha. Depois disso, ele a teria estuprado, mediante ameaça, demonstrando estar armado.

O homem ainda teria dito que ela era “a mais gostosa de todas”, demonstrando à vítima que poderia ter feito o mesmo com outras mulheres. Ele ainda teria feito ameaças de morte a ela e seus familiares caso relatasse o fato a alguém. Por fim, ele deixou a mulher na casa dela.

O suspeito foi preso no Centro da cidade e negou o crime. Ele afirmou que mudou o trajeto a pedido da própria passageira e que não teve nenhum assunto “fora de trabalho” com ela. O carro dele foi apreendido para perícia.

A empresa 99, responsável pela corrida, afirmou que lamenta o caso e uma equipe foi mobilizada para apurar o caso e está buscando contato com a vítima e seu namorado para oferecer todo o acolhimento e suporte necessários. Disse também que bloqueou o perfil do suspeito.

Veja a nota na íntegra:

"A 99 informa que está apurando o caso. A empresa lamenta profundamente a situação, e reitera que repudia esse tipo de violência e tem uma política de tolerância zero em relação a isso.

Uma equipe foi mobilizada para apurar o caso e está buscando contato com a vítima e seu namorado para oferecer todo o acolhimento e suporte necessários. Enquanto isso, o perfil do motorista foi bloqueado da plataforma. A 99 está disponível para colaborar com a polícia, caso necessário.

A segurança é prioridade número um para a 99. Por isso, dedicamos nossos esforços na prevenção, proteção e acolhimento de todos os usuários da plataforma, principalmente para as mulheres. Por conta dessa missão, a 99 investe continuamente em tecnologia para garantir que o serviço seja seguro antes, durante e depois das corridas.

Entre as medidas está a instalação de câmeras de segurança dentro dos carros em Belo Horizonte, um botão de segurança que oferece a opção de compartilhar a rota para contatos de confiança, além de poder ligar para a polícia. Além disso, possui uma apurada inteligência artificial que vasculha automaticamente as avaliações das usuárias ao fim das corridas para a identificação dos casos de assédio ou violência sexual. Com essa tecnologia, a empresa pode priorizar esses casos e acolher a vítima de maneira humanizada mais rapidamente, bem como tomar todas as providências possíveis, que pode incluir bloqueio e colaboração com a investigação das autoridades.

Em caso de qualquer ocorrência de segurança, motoristas e passageiros podem ligar para nossa Central de Segurança no 0800-888-8999 que funciona 24 horas por dia e 7 dias por semana. Este é um canal de atendimento exclusivo para casos de segurança, composta por mais de 130 profissionais, que oferece auxílio imediato e informações do que fazer".