Um motorista da linha de ônibus 9501 (São Lucas/ Jaraguá) ficou levemente ferido após o veículo que dirigia perder o freio e bater na estrutura de vidro da garagem de um prédio residencial no bairro Novo São Lucas, na região Centro-Sul da capital, na manhã desta terça-feira (26). Ao bater no local, o motorista evitou um estrago maior. 

O acidente ocorreu na descida íngreme da rua Nísio Batista de Oliveira. O empresário Vinicius Gomes estava em casa com a esposa no momento da batida e levou um susto. Segundo ele, que é síndico do prédio, a colisão ocorreu por volta das 6h10 da manhã de hoje, assustando os cerca de 80 moradores do residencial. Muitos deles dormiam no momento do acidente.

“Desci logo que ouvi o barulho. Conversei com o motorista, que me disse que havia perdido o freio e, para evitar uma tragédia maior, ele jogou aqui no prédio, de lateral. Graças a Deus não aconteceu nada com ninguém, nem com o próprio motorista”, contou o síndico.

Segundo ele, o profissional ficou abalado, estava mancando, mas não havia cortes ou sangramentos. Ele foi atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A reportagem foi ao Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, mas não obteve informações sobre o estado de saúde do condutor.

Prédio não corre riscos

Durante a manhã, a Defesa Civil Municipal vistoriou o local e concluiu que não há danos à estrutura do prédio. “Dano superficial. Só o reboco da estrutura que soltou, mas a estrutura não está comprometida. Não há nenhum indício que houve abalo na construção. É só fazer a recomposição, mesmo”, afirmou o vistoriador Marcelo Costa.

Os prejuízos ao prédio ainda serão calculados pelo síndico. A batida atingiu um jardim suspenso cercado por vidro, além do portão eletrônico da garagem. O condomínio tem seguro, mas a expectativa do responsável pelo prédio é que a empresa de ônibus arque com os custos.

A rua chegou a ser interditada pela BHTrans, mas foi liberada após a retirada do coletivo. A linha 9501 faz o trajeto bairro São Lucas, na região Centro-Sul, ao bairro Jaraguá, na Pampulha.

A reportagem entrou em contato com a Autotrans, responsável pela linha 9501 e pertencente ao Consórcio BH Leste. A empresa informou que está apurando as causas do acidente, mas não divulgou a data da última manutenção do veículo que se envolveu no acidente.

Leia mais:
Tremor de terra em Congonhas deixa vizinhos de barragem em alerta