Quando o marido chegou em casa embriagado e pedindo por sexo, uma mulher de 57 anos se recusou e sugeriu que o homem tomasse banho e jantasse primeiro, já que ele estaria "sujo e fedendo a pinga". Isso foi o suficiente para que ela fosse espancada pelo suspeito, de 47 anos, na noite de quarta-feira (29), em Uberaba, no Triângulo Mineiro. O suspeito acabou preso em flagrante e a vítima precisou ser hospitalizada. 

O registro da Polícia Militar (PM) dá conta que a corporação foi acionada na rua Antônio Francisco Alves, no bairro Residencial 2000, por volta das 20h. Quando chegaram, a mulher relatou que o marido chegou "totalmente embriagado" e imediatamente lhe pegou com violência pelos braços querendo praticar sexo. 

Foi então que, diante das condições de higiene do companheiro, ela sugeriu que, antes do sexo, o homem tomasse banho e comesse. Entretanto, a sugestão não foi bem vinda, e o suspeito alcoolizado passou a gritar chamando-a de gorda, feia e suja, dizendo ainda que ela estaria o traindo com outro homem. 

Agressões contantes 

Ainda conforme a PM, em seu relato, a mulher disse que as agressões físicas e verbais por parte do marido são constantes. Naquele dia, após xingar a vítima, ele a puxou pelo cabelo e a jogou no chão.

A vítima, que sofre de vários problemas de saúde, sofreu escoriações no braço esquerdo e estava reclamando de fortes dores na cabeça e na nuca, tendo sido levada para uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) e ficado internada por estar com a pressão arterial muito alta. 

O suspeito foi preso em flagrante por violência doméstica e encaminhado para a Delegacia de Plantão de Uberaba. 

Leia mais:
Mulher é jogada em cisterna de 25 metros pelo marido e pelo filho no Norte de Minas
Homem que mantinha mulher presa em casa de três cômodos há cinco anos é preso em Ibirité
Homem briga com companheira por causa do almoço e acaba esfaqueando a enteada
Mudanças na Lei Maria da Penha para agilizar medidas de proteção são sancionadas