Uma mulher de 38 anos que foi morta a facadas em Ibirité, na Grande BH, pode ter sido vítima de feminicídio. O marido da vítima é apontado como o principal suspeito do crime. Segundo vizinhos do casal, o homem de 43 anos fugiu em um Astra verde pouco depois do assassinato.

O crime aconteceu na rua Maria Francisca Tereza Martins, no bairro Santa Terezinha, na noite de quinta-feira (29). Uma testemunha foi até a companhia da PM e delatou o assassinato. Quando os militares chegaram na casa da mulher, ela estava caída no meio de uma poça de sangue.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas a vítima já estava sem vida. A perícia constatou que ela teria sido golpeada no ombro esquerdo próximo do coração. A arma não crime não foi encontrada, mas no imóvel a PM apreendeu três cartuchos intactos.

Ainda conforme vizinhos, o casal estava junto há uns cinco anos e que as vezes eles brigavam, mas nunca com ameaça ou agressão física. Os militares fizeram um intenso rastreamento na região, mas até o momento o suspeito não foi preso. O caso foi registrado na Delegacia de Plantão de Betim.

Leia mais:
Bombeiros que atuaram em Brumadinho seguem nesta sexta para 15 dias em Moçambique