Um homem de 43 anos, apontado como o principal suspeito de matar a companheira a facadas, na região da Pampulha, em Belo Horizonte, está sendo procurado pela polícia, na manhã desta segunda-feira (23). A vítima do feminicídio, uma mulher de 41 anos, levou nove golpes de faca.

O crime aconteceu no fim da noite de domingo (22), na residência do casal, que fica no bairro Trevo. No local, a Polícia Militar encontrou a mulher ensanguentada dentro do quarto e caída próxima de uma parede. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas a vítima já estava sem vida.

A perícia também foi até o endereço e constatou que a mulher foi esfaqueada sete vezes nas costas, uma vez no pescoço e uma no dedo. O corpo foi removido e encaminhado para o Instituto Médico-Legal (IML) da capital.

Violência

Testemunhas contaram à polícia que o marido da vítima havia deixado o local, em uma moto, momentos depois do crime. O irmão do homem também esteve na residência do casal e contou que o suspeito acreditava que estava sendo traído.

No último dia 9, o marido ligou para o irmão e relatou uma suposta traição da esposa. Na época, ele disse que estava se sentindo muito "humilhado" e mandou uma foto do suposto homem que teria um caso com a mulher.

Rastreamento é realizado na região, mas até o momento o suspeito não foi localizado e preso. A ocorrência foi registrada na 3ª Delegacia de Plantão de Venda Nova e, agora, o caso será investigado pela Polícia Civil.