Uma mulher de 24 anos foi presa na noite dessa quinta-feira (17) em São Gotardo, no Alto Paranaíba, suspeita de espancar o filho, um bebê de apenas 4 meses, até a morte. A Polícia Civil está investigando o caso e a suspeita, que está passando por problemas psicológicos, segundo a irmã dela, está detida no quartel da Polícia Militar na cidade. 

Segundo a PM, quando os militares chegaram ao local indicado, no bairro Boa Esperança, a criança foi encontrada sem vida no berço. Os agentes perceberam que o corpinho do bebê estava cheio de hematomas. 

A tia da vítima contou que sua irmã estava sofrendo problemas psicológicos antes mesmo da gravidez e que após o parto a situação piorou e ela passou a ter crises frequentes. A mulher chegou a ser encaminhada para acompanhamento psiquiátrico, mas não deu início ao tratamento. 

Em dezembro do ano passado uma denúncia de maus tratos já havia sido feita e o caso vinha sendo acompanhado pelo Conselho Tutelar da cidade. 

A suspeita alegou que no final da tarde dessa quinta havia alimentado o bebê com uma mamadeira e, em seguida, o deitou no berço de barriga pra baixo. Por volta de 20h30, segundo ela, o pai da criança constatou que o bebê estava morto, mas a PM só foi chamada por volta de 21h. 

A Polícia Civil informou que o delegado responsável pelo caso está realizando as oitivas. A mulher permanece detida.

Leia mais:

Idoso é preso por suspeita de abusar de menina de 11 anos em São Gotardo
Homem é morto pela polícia ao tentar fugir da delegacia onde estava por estuprar a irmã de 6 anos
Preso o suspeito de espancar menino de 9 anos que defendeu a mãe em Uberlândia