Uma mulher de 33 anos procurou a Polícia Militar nessa segunda-feira (16) em Lavras, no Sul de Minas, alegando ter sido dopada e estuprada por um homem da mesma idade com a ajuda da irmã e da mãe dele. Os abusos teriam sido cometidos na casa da avó dela durante uma festa de aniversário. 

Segundo o relato da vítima à polícia, enquanto o homem a estuprava no banheiro, a irmã dele ficava vigiando a movimentação na residência. Segundo ela, os abusos aconteceram enquanto ela estava sob efeito de medicamentos e bebidas alcoólicas. 

Durante os atos, segundo a mulher, ela também teria sido vítima de ameaças psicológicas, agressões verbais e físicas como tapas no rosto e puxões de cabelo por parte não só do suspeito, mas também da mãe dele. 

O caso foi parar da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Lavras.

Leia mais:

Grávida, menina de 12 anos acusa padrasto de estupro em Nova Belém, no Leste do Estado
Homem é procurado pela polícia suspeito de estuprar jovem com paralisia cerebral
Motorista de aplicativo é preso por suspeita de estupro de passageira em Araguari