Uma mulher de 30 anos foi agredida na cabeça com uma foice pelo companheiro, de 26 anos, na zona rural de Sabará, na Grande BH, na madrugada deste domingo (1º). Bastante ferida, a mulher se trancou no quarto com o filho, de apenas três anos, ligou para a Polícia Militar e conseguiu ser resgatada. O homem foi preso. 

O caso ocorreu por volta de 1h. A central 190 da PM recebeu o chamado da vítima, que relatou suas condições e deu orientações aos agentes sobre o trajeto até sua residência, que é de difícil acesso, na área rural de Sabará.

Segundo ela, seu corpo e roupas estavam cobertos por sangue, vindos dos golpes de foice que sofreu do companheiro. A jovem afirmou que o homem havia chegado bêbado em casa e que, após um desentendimento entre os dois, o homem teria passado a agredi-la com socos e, em seguida, com uma foice.

Ainda segundo a vítima, mesmo sangrando muito, ela conseguiu se desvincilhar dos golpes e se refugiou no quarto, com o filho pequeno. Os agentes deslocaram para a casa, na rua Geraldo Sampaio, bairro Boaventura, e resgataram a jovem. Eles constataram que a porta do quarto onde a mulher se trancou estava com sinais de tentativa de arrombamento. 

A mulher foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento do bairro Nações Unidas, na mesma cidade, com um corte na cabeça e outros dois no braço esquerdo. Para lá também foi encaminhado o agressor, com escoriações nas costas, braço esquerdo e pescoço.

A jovem relatou à PM que possui uma medida protetiva contra o autor, pois já havia sido ameaçada de morte pelo homem caso ela não reatasse o relacionamento. Ela disse, ainda, que o homem já a havia agredido em outras ocasiões e que é violento com frequência.

Já o homem disse que chegou em casa e que, após um desentendimento com a mulher, a mesma pegou uma foice e ele se armou em defesa. O homem afirmou que deu um golpe com o cabo da ferramenta, o que atingiu a cabeça da vítima. 

Após serem atendidos, o homem foi preso e levado para a Delegacia de Plantão da Polícia Civil em Sabará. A criança de três anos foi levada para a casa do pai biológico, em Ravena, no mesmo município.