Uma mulher de 43 anos morreu na tarde desta terça-feira (15) após se afogar na piscina de uma praça de esportes no bairro Garcia, em Itaúna, no Centro-Oeste do Estado.

Segundo o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), quando a equipe da Unidade de Suporte Básico (USB) chegou ao local da ocorrência, na rua José Morato, a vítima estava inconsciente e com parada cardiorrespiratória decorrente do afogamento.

Afogamento Itaúna

A mulher se afogou na piscina de uma praça de esportes em Itaúna 

A vítima recebeu os primeiros atendimentos ainda no clube e foi encaminhada ao hospital Manoel Gonçalves, mas não resistiu e morreu na unidade de saúde. Militares do Corpo de Bombeiros auxiliaram a equipe no atendimento durante o trajeto para o hospital.

Ainda de acordo com o Samu, possivelmente, a mulher teve uma congestão uma vez que durante as manobras de atendimento, a vítima vomitou muito alimento.

Cuidados:

Com a chegada do verão, aumenta a procura por piscina, mar, lago, rio, entre outras atividades que envolvem água e exercício físico. Os bombeiros alertam para aos perigos de afogamento nesses locais devido aos riscos de "congestão", termo usado para descrever o mal-estar provocado pela prática de exercício após refeições pesadas.

A congestão alimentar é o mal estar no corpo que aparece quando se pratica algum esforço ou atividade física depois de ter feito uma refeição. Esse problema é conhecido quando, por exemplo, uma pessoa almoça e depois vai para a piscina, pois o esforço de nadar atrapalha a digestão e provoca o mal estar da congestão, mas ele também pode ocorrer ao se praticar exercícios intensos, como correr ou malhar.

Leia mais:
Bombeiros encontram corpo de rapaz que se afogou no rio São Francisco, no Norte de Minas
Corpo de adolescente que se afogou em açude é encontrado em Sete Lagoas
Adolescente de 17 anos desaparece em açude de Sete Lagoas
Menina de 1 ano morre afogada em caixa d'água no Norte de Minas