Uma mulher de 39 anos morreu durante um procedimento estético em uma clínica no Centro de Belo Horizonte, na tarde desta quarta-feira (8).

A clínica funciona no sétimo andar de um prédio na rua Tupis, bem na esquina com a avenida Afonso Pena. Quando o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou ao local, a mulher já estava morta.

Segundo a Policia Militar, o médico, de 71 anos, contou que fazia uma bioplastia, que é uma aplicação da substância polimetilmetacrilato (PMMA), material usado para o preenchimento do tecido das nádegas. A vítima teria ficado com a respiração ofegante assim que ele aplicou uma anestesia. Em seguida, ele colocou a mulher no oxigênio e acionou o Samu, mas ela não resistiu. 

Ainda segundo a corporação, a mulher é da cidade de Três Rios, no Rio de janeiro. A Polícia Civil foi acionada e o corpo levado para o Instituto Médico Legal (IML). 

O médico foi levado para a Central de Flagrantes do bairro Floresta, na região Leste da Capital. 

A Prefeitura de Belo Horizonte informou que uma equipe da Vigilância Sanitária interditou a clínica. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o local só possuía alvará para realizar consultas.