Uma mulher de 60 anos morreu após se queimar em um fogão a lenha em Januária, no Norte de Minas. O acidente ocorreu nesse domingo (6). A suspeita é de que a vítima tenha se ferido ao utilizar o fogão improvisado para fritar carne.

O marido da mulher disse à polícia que encontrou a parceira caída ao lado do fogão, que estava em chamas. Ele controlou o fogo jogando água e acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Contudo, ela não resistiu aos ferimentos.

De acordo com a equipe de resgate, a mulher teve mais de 90% do corpo queimado. O caso será investigado pela Polícia Civil.