Após ser presa em flagrante por atropelar uma jovem de 20 anos na avenida Raja Gabaglia, no bairro Luxemburgo, região Centro-Sul de Belo Horizonte, Diandra Lamounier Moraes de Melo, 24 anos, foi liberada sob fiança. Ela pagou a quantia de R$ 1.500 na Delegacia de Plantão do Departamento de Trânsito (Detran). 
 
A vítima, Paola Antonini Franca Costa, teve a perna esquerda esmagada e foi socorrida para o Hospital João XXIII. Ela teve alta na tarde de domingo e o hospital não soube informar os procedimentos pelo qual a paciente passou. 
 
A condutora chegou a fazer o teste do bafômetro e foi constatada a embriaguez. A medição no aparelho foi calculada em 0,53 miligramas de álcool por litro de ar, enquanto o permitido seria de, no máximo, 0,05 miligramas por litro de ar.
 
De acordo com a Polícia Civil (PC) o caso continua sendo investigado e o delegado responsável aguarda pelo laudo de lesões das vítimas, além das imagens de câmeras de circuitos de segurança da região.
 
Entenda o caso
 
Na madrugada de sábado (27), Paola estava com o namorado Arthur, 21 anos, colocando malas no carro para seguir viagem para as festas de fim de ano, quando foram surpreendidos por um veículo Fiat Cinquecento que veio a colidir na traseira do Fiat Bravo estacionado. O acidente aconteceu na avenida Raja Gabaglia, altura do número 1.123.
 
A batida acabou projetando Arthur para longe e esmagando a perna de Paola. Ambos foram socorridos para o Hospital de Pronto Socorro João XXIII. Um homem que se encontrava dentro do veículo ficou levemente ferido e dispensou socorro. 
 
De acordo com a condutora do veículo que trafegava sentido Centro, ela estava manobrando para estacionar quando perdeu o celular dentro do carro e, ao tentar recuperá-lo, perdeu o controle e acabou se chocando na traseira do Fiat Bravo.
 
Testemunhas chegaram a afirmar que o veículo Cinquecento estava em alta velocidade pela avenida no momento da batida.