Um homem de 33 anos foi preso suspeito de colocar fogo no corpo de uma mulher de 42 supostamente porque ela não aceitou fazer sexo com ele. O crime aconteceu na madrugada desta quinta-feira (14), em JK, distrito de Curvelo, na região Central de Minas.

Suspeito e vítima são andarilhos, segundo a Polícia Militar. O homem, contratado por um posto de gasolina na BR-040 para fazer a segurança do local, teria visto a mulher dormindo nas proximidades. Ele teria dito que queria fazer sexo com ela, mas a mulher não aceitou. Ele, então, teria jogado álcool no corpo dela e colocado fogo.

A vítima despertou e se livrou das roupas em chamas. Somente com as roupas íntimas, ela correu pela rodovia, onde encontrou um conhecido, que chamou a polícia. Logo depois, os militares prenderam o suspeito, que estava no posto. Ele foi levado para a delegacia de Curvelo.

Já a vítima foi encaminhada ao Hospital Municipal de Curvelo com ferimentos no rosto, pescoço, braços e seios.