Uma mulher de 34 anos foi presa após utilizar um bebê para tentar entrar com equipamentos proibidos no Presídio Professor Jacy de Assis, em Uberlândia, no Triângulo Mineiro. O crime aconteceu na manhã de sábado (16), durante o período de visita aos detentos. 

De acordo com a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), a mulher “amarrou” um celular, um carregador e um chip no corpo do próprio filho, de um ano, com plástico-filme. Os agentes penitenciários, porém, barraram os objetos durante a prática de revista.

Conforme o órgão, a visitante iria encontrar com o marido, de 30 anos. A polícia Militar foi acionada para fazer o Registro de Eventos de Defesa Social (Reds) e a conduziu à Delegacia de Polícia Civil.